top of page

Qual a relação entre: valores inegociáveis, legado e transcendência

Muito se fala em valores pessoais, morais e etc. Mas como saber o que é ou não negociável e qual a relação disso com legado e transcendência?


É comum encontrar na internet conteúdos e até testes para que você descubra quais são seus valores. Ou Seja, o que forja a base da personalidade humana dentro de um contexto social e/ou relacional.


Valores critérios absolutos de preferência, habitualmente não questionados pelo indivíduo, que orientam suas decisões e ações na vida, indicando o que está certo ou errado pela perspectiva individual.


Valores são crenças individuais. São duráveis. E indicam critérios de conduta para situações de escolha e conflito.


“Valor é uma crença durável de que um modo de conduta ou estado fim de existência é pessoal e socialmente preferível do que um modo oposto ou diferente de conduta ou um estado fim de existência” (ROKEACH).


Ou seja, quando falamos de valores do ser humano, nos referimos ao conjunto de normas que facilitam a harmonia e a convivência em sociedade. Estas normas são válidas em um período de tempo e em uma época determinados, e são parte do desenvolvimento humano, já que foram surgindo mediante seu crescimento, humanização e conquista de liberdade. Tratam-se de valores que apareceram como resultado do esforço das pessoas para conquistarem a si mesmas e o amor dos outros.


Tipos de valores humano

Os valores do ser humano são classificados por sua natureza e características. Segundo o conhecimento filosófico, os principais tipos de valores são os seguintes:

  • Valores morais. Aqueles relacionados com as virtudes e a realização como seres humanos. O objetivo dos valores morais é a busca pelas virtudes; separam o que é bom do que não é.

  • Valores religiosos. Estes valores humanos são determinados pelas diferentes religiões e geralmente baseiam-se em conceitos de bondade, fé e sacrifício.

  • Valores humanos. São valores próprios das pessoas e de sua natureza. Seu objetivo principal é melhorar a convivência e fomentar a empatia.

  • Valores universais. São valores humanos aplicáveis em todas as sociedades, culturas, condições econômicas e religiões. A tolerância e o respeito, por exemplo, são dois valores universais.

  • Valores estéticos. Como seu nome indica, os valores estéticos têm como objetivo a própria beleza e o prazer da harmonia. Estes valores se aplicam principalmente na arte e na expressão criativa.

  • Valores intelectuais. Este tipo de valores coloca seu foco na busca do conhecimento e da verdade.

  • Valores físicos. Segundo a teoria da pirâmide de Maslow, este tipo de valores do ser humano está relacionado com manter um certo nível de bem-estar e saúde física, evitando assim, estados de enfermidade e debilidade.

  • Valores sociais. Os valores sociais são aqueles reconhecidos por uma cultura ou sociedade, cujo objetivo é fortalecer os vínculos humanos.

  • Valores afetivos. Encontramos estes valores do ser humano muito próximos aos sociais. Os valores afetivos são aqueles relacionados com o amor, o carinho e com o prazer interpessoal.

  • Valores econômicos. Finalmente, um dos tipos de valores mais preponderantes nos dias atuais é o de valores econômicos. Este têm como objetivo a busca por estabilidade financeira e melhores ganhos econômicos. Entre este tipo de valores, temos os empresariais e profissionais.


Lista de valores humanos e exemplos

Grande parte das culturas que existem hoje contam com valores humanos e estes nos auxiliam a saber como atuar com nós mesmos e com as outras pessoas.

Uma pessoa com valores pessoais bem definidos e que vive em coerência com eles, é uma pessoa que certamente tem uma boa estabilidade emocional, uma boa saúde mental e assim, sua qualidade de vida também é muito boa. Por outro lado, uma pessoa que não é coerente com seus próprios valores pessoais provavelmente tem seu bem-estar emocional alterado.

A seguir te mostraremos quais são os principais valores do ser humano, explicando brevemente em que consiste cada um deles:

1. Amor O amor é um valor extremamente importante e poderoso, trata-se de um princípio de união e conexão entre nós mesmos com o universo. Podemos manifestar o amor para os outros fazendo o bem através de nossas ações. 2. Amizade Assim como o amor, é um dos valores mais preciosos e ainda pode-se considerá-lo como parte do amor. Trata-se de uma relação de afeto, apoio e confiança entre duas ou mais pessoas. 3. Bondade Trata-se de uma qualidade das pessoas que sempre procuram fazer o bem aos demais e que não possuem maldade. 4. Confiança Podemos dizer, acima de tudo, que é um ato de fé, já que a pessoa que confia deposita segurança em algo ou alguém. 5. Fraternidade Trata-se de um vínculo de união e de reciprocidade entre irmãos ou entre aqueles que assim se consideram. 6. Honra É uma qualidade ou um profundo sentimento acerca da própria dignidade. 7. Honestidade Uma qualidade das pessoas que as fazem agir com retidão e coerência, respeitando as normas para alcançar uma boa convivência com as outras pessoas. 8. Justiça Consiste em relacionar-se de maneira justa consigo mesmo ou com os outros, dando a cada um o que realmente merece, de acordo com suas atitudes. 9. Liberdade Passa por viver com livre arbítrio de maneira responsável e sem prejudicar ninguém. Uma pessoa que é livre sempre pode fazer o que realmente deseja, desde que isto não afete de maneira direta ou indireta a outras pessoas. 10. Paz A paz é saber relacionar-se de maneira harmoniosa com as outras pessoas para conseguir uma convivência excelente dentro da sociedade ou com a família. 11. Respeito Trata-se do valor e do bom tratamento que damos a nós mesmos e aos outros, reconhecendo qualidades, méritos ou situações particulares. 12. Responsabilidade Uma pessoa é considerada responsável quando é capaz de assumir o controle de suas próprias ações, tomando suas próprias decisões e agindo de acordo com elas. 13. Solidariedade Trata-se de ajudar os outros sem pretensão de receber nada em troca, colaborando com a causa dos outros. 14. Tolerância Quando uma pessoa é tolerante, mostra uma atitude aberta e sem preconceitos com as opiniões de outras pessoas, mesmo quando são diferentes das suas. 15. Bravura Consiste em abordar com valor e segurança todas as situações difíceis que atravessam a nossa vida, sem se importar com o medo que isso possa nos provocar.


Agora que você tem conhecimento sobre o que são, quais os tipos e exemplos de valores, vale a pergunta: quando negociar ou não com seus valores?


Boa parte desses valores foram sendo adquiridos desde a infância até os dias atuais e alguns deles foram sendo alterados ou ajustados as fases de vida que você foi experienciando. Partindo do princípio que hoje você é uma pessoa adulta, a decisão de firmar ou negociar valores deve ser tomada sempre em detrimento ao que gera segurança, saúde, qualidade de vida e o tipo de legado que você deseja deixar para as próximas gerações.


O que é deixar um legado? Deixar um legado é uma marca que ficará eternizada na forma de contribuição para a vida ou até mesmo de maneira pessoal. A decisão de deixar um legado pode ser tomada com foco na sua família e/ou filhos e até mesmo na sociedade. A pergunta que deve ser respondida é: como quero ser lembrado depois que eu partir.


E é exatamente nessa decisão, com base nos seus valores inegociáveis que você alcança a transcendência.


A transcendência trata-se daquilo que está além do mundo material, refere-se aos fenômenos de natureza metafísica. Tem origem na palavra latina "trancendere", que significa ultrapassar.


A transcendência é a capacidade e o desejo de romper limites, de ir além, superar, de construir uma versão acima da média. A transcendência é um desejo e uma capacidade do ser humano para transcender a si mesmo, ou seja, de sair de seu estado atual para buscar algo novo.


Transcender é buscar um nível de evolução material, imaterial e espiritual a partir dos seus valores, com o objetivo de construir um legado e nesse percurso sair da mediocridade para o extraordinário.


Alcançar esse estado começa com a decisão de. E se torna um processo contínuo de autoanálise, firmeza nos valores, domínio próprio, resiliência e disciplina. Eis ai a importância de autoconhecimento, fortalecimento e desenvolvimento pessoal. Assim você terá ferramentas e métodos para atingir esse patamar.

11 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page